Startups se unem e desenvolvem tecnologias para ajudar sobreviventes da tragédia de Brumadinho



Em média 140 organizações enviaram mensagens para a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) após a campanha da ABDI para que startups e empresas pudessem disponibilizar inteligência e tecnologias para auxiliar na tragédia gerada pelo rompimento da barragem da Vale em Brumadinho (MG).

“Estamos estimando o fluxo de rejeitos e cruzando com o último sinal de GPS que uma pessoa tenha tido antes do rompimento da barragem. Com essa informação queremos estimar, levando em conta o arrasto da lama, onde a pessoa possa estar” Explica Diego Oliveira, um dos Fundadores da empresa BirminD, startup que se juntou a outras empresas de base tecnológica para o desenvolvimento de um aplicativo.

A empresa GO Wi-Fi também não ficou de fora do movimento. Está arrecadando alimentos não perecíveis, camisetas, calças e calçados com o destino para os sobreviventes da tragédia. Para ajudar, basta enviar um e-mail para gowifi@gowificorp.com com as informações de sua doação.
{{ message }}

{{ 'Comments are closed.' | trans }}